A nossa parceira Epamig (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais) apresentou novos equipamentos da agroindústria de azeite durante a programação da Azeitech, que ocorreu no dia 2 de fevereiro, no Campo Experimental da Empresa em Maria da Fé, no Sul do Estado.


Os equipamentos possuem a nossa qualidade, afinal, os equipamentos são produzidos por nós.


A nova extratora tem capacidade para processar 250 quilos de azeitona por hora. Enquanto a anterior, modelo de 2010, tem capacidade para 100 quilos por hora. Isso vai permitir executar mais que o dobro de trabalho em menos da metade do tempo. Além disso, o novo equipamento tem uma centrífuga vertical responsável por eliminar o resíduo de água e partículas sólidas antes da fase de decanter, o que pode melhorar e muito a qualidade do nosso azeite.


“Temos que ressaltar que essa é uma tecnologia desenvolvida no Brasil por uma empresa que é parceira no desenvolvimento do trabalho. Temos na Epamig várias trocas de experiências com eles para o desenvolvimento de pesquisas”, diz Luiz Fernando de Oliveira, coordenador do Programa Estadual de Pesquisa em Olivicultura da Epamig.


“Tenho certeza de que esse novo equipamento vai agregar mais qualidade ao azeite produzido pela Epamig e aos serviços que ofertamos aos produtores que ainda não possuem seus lagares”, completa.


Confira abaixo a repercussão que teve na mídia.